Jericó - a cidade mais antiga do mundo


Jericó é a cidade mais antiga do mundo. Localizada na Cisjordânia, às margens do Rio Jordão, hoje em dia é habitada por cerca de  vinte mil moradores, em um cenário que parece ter parado no tempo.


Jericó já foi povoada, destruída, abandonada e repovoada muitas vezes ao longo da sua história.

Viajar para um destino assim é uma experiência extremamente enriquecedora, inesquecível e incomparável.

Estima-se que os primeiros habitantes chegaram na região entre 9.600 e 9.000 a.c. Jericó é descrita no Velho Testamento como a "Cidade das Palmeiras", é conhecida na Tradição Judaica como o lugar do retorno dos israelitas da escravidão no Egito.

O sítio arqueológico onde ficava a antiga Jericó está a meio quilômetro da moderna e tem apenas poucas ruínas desabitadas. Entre elas, as de uma velha muralha de pedra, construída provavelmente em 8.000 a.c. Pela extensão da muralha, estima-se que 3.000 habitantes circulavam pelas ruas da Jericó antiga.

Outros pontos turísticos imperdíveis são:

A Árvore de Zaqueu: os turistas podem visitar o local onde ficava a árvore e acredite, parte do tronco ainda está lá.

A Fonte de Eliseu: é uma nascente que fornece água para toda a cidade de Jericó. Ela recebeu este nome graças ao Profeta Eliseu que realizava milagres por lá. O mais famoso deles foi transformar uma fonte de água impura em fonte de água potável.

Monte das Tentações: foi o lugar onde Jesus peregrinou por 40 dias. O lugar é de extrema importância para os cristãos, fica aproximadamente 11 km a noroeste de Jericó e é um dos pontos turísticos mais visitados.


Siga o @brasilboaviagem no Instagram e continue por dentro das melhores dicas de viagem.