As cachoeiras de Pirenópolis


Mantendo conservada e intacta sua feição original e suas tradições, Pirenópolis foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional em 1988.


Hoje, a cidade tem sua economia baseada no turismo, artesanato e na extração da pedra que leva seu nome. "A Pedra de Pirenópolis" é usada na construção civil para revestimentos e pisos e decora ruas e casas da cidade.

Sua localização privilegiada, próxima à Serra dos Pireneus, oferece a Pirenópolis águas cristalinas de baixa salinidade. São muitas opções para quem gosta de um banho de água doce em meio à natureza. O acesso é quase sempre fácil, o que torna o passeio ideal para ser aproveitado em família. Em alguns casos, o caminho até a cachoeira é pavimentado.

São mais de 80 cachoeiras belíssimas que encantam qualquer viajante. Escolhemos três que você precisa incluir no seu roteiro e visitar quando estiver por lá. Confira a seguir:

1 - CACHOEIRA DO ABADE

Localizada na região dos Pireneu, é um verdadeiro tesouro e uma das preferidas de quem visita Pirenópolis. A cachoeira possui 22 metros de altura formando um poço de 900 metros quadrados com águas super cristalinas.

2 - CACHOEIRA DAS ARARAS

Uma cachoeira muito visitada tanto pela beleza, quanto pela facilidade de acesso. Nas proximidades ainda é possível encontrar barzinhos com petiscos e cerveja gelada.

3 - CACHOEIRA DO ROSÁRIO

Um verdadeiro oásis de águas cristalinas e uma queda d´agua esplendorosa. Lugar perfeito para relaxar e renovar as energias. 

Siga o @brasilboaviagem no Instagram e continue por dentro das melhores dicas de viagem.