5 Motivos para conhecer a Escócia


A Escócia ocupa o terço norte da ilha da Grã-Bretanha e faz fronteira com o Oceano Atlântico ao norte, com o Mar do Norte a Leste, com a Inglaterra a sudeste, com a Solway Firth e Mar da Irlanda ao Sul e Canal do Norte a oeste.


Um país único, apaixonante e cheio de histórias fascinantes! Dos castelos dos clans ao whiskey puro malte, do kilt ao inconfundível som da gaita de foles, há coisas que só existem na Escócia.

Tudo é tão enganosamente pitoresco na Escócia que é fácil cair no estereótipo do montanhês sobre colinas pedregosas cortadas por nuvens cinzentas. Para descobrir novos panoramas nestas terras, listamos 5 motivos para você conhecer e se encantar pelo país.

1 - Misto de magia celta e bravura vicking: Cerca de 10 mil anos atrás, os primeiros povos a habitarem a Escócia construíram círculos de pedra alinhados ao solstício e equinócio. O mundo dos celtas é a raiz do povo escocês.


2 - Pode ser visitada em qualquer época do ano: nos meses de novembro e dezembro, Edimburgo ganha um ar mágico de Natal e realiza uma das maiores celebrações de Ano Novo da Europa, o Hogmanay. Para ver as montanhas das Terras Altas cobertas de neve é só ir em fevereiro e março. Abril, maio, setembro e outubro são ideais para quem gosta de friozinho. E para quem gosta de dias mais quentes deve ir em junho, julho e agosto, quando os festivais e eventos estão tão em alta quanto os termômetros.


3 - Possui mais de 700 ilhas espalhadas pela costa escocesa: algumas são pequenas e inabitadas, outras são famosas como a Ilha de Skye, imersa em lendas e cantadas em músicas folclóricas escocesas.

4 - A cultura dos clans, kilts e castelos: foram os highlanders, moradores das Terras Altas que criaram muitos dos ícones escoceses que conhecemos. Os clans eram identificados pelo tipo de tartan, que é o tecido xadrez dos kilts. O chefe do clan tinha sempre um castelo como base e outros membros da família moravam nos arredores, como inquilinos.

5 - Infra-estrutura: assim como na Inglaterra, na Escócia fala-se inglês, usa-se a libra como moeda e a infra-estrutura turística é de primeira. Trens conectam cidades, vilarejos e pontos turísticos, há uma oferta variada de hotéis, pousadas aconchegantes e até mesmo castelos para se hospedar, sem contar as acomodações 5 estrelas e resorts. Os restaurantes são um capítulo à parte – você vai se surpreender com a gastronomia escocesa!

Siga o @brasilboaviagem no Instagram e continue por dentro das melhores dicas de viagem.